BLOG IEEP

Os melhores artigos em
Gestão Ágil e Liderança

10 de março de 2020

Conheça as responsabilidades e funções de um Product Owner

O Product Owner (P.O.) desempenha um papel fundamental no ciclo de desenvolvimento de um produto ou projeto. Portanto, compreender sua relevância, funções e responsabilidades é essencial para delinear o êxito do mesmo.

Entre seus encargos, o mais importante, sem dúvida, é gerenciar o Product Backlog. Em resumo, o Backlog é uma lista de tarefas, requisitos e tudo que é preciso para criar um produto conforme as diretrizes do projeto. Caso queira entender melhor o que é o Backlog, clique aqui e confira o nosso texto sobre esse artefato do Scrum.

Esse profissional, portanto, funciona como uma espécie de guia, que costuma cobrir todos os processos. Sendo assim, sua rotina é dinâmica.

Por isso, neste post, iremos abordar as principais responsabilidades e funções de um Product Owner. Acompanhe!

1. Comunicação

Antes de qualquer coisa, o profissional elencado para o cargo deve ser um comunicador nato, pois ele será responsável pelo diálogo de todas as partes, como: clientes, gerentes de negócios e a equipe de desenvolvimento.

Dessa forma, o Product Owner garante que as metas estabelecidas possam ser concluídas de forma eficaz, além de contemplar os objetivos do projeto e os progressos almejados pelo cliente. Afinal, todos os setores precisam estar alinhados para que projeto funcione.

2. Gerenciar o Backlog

É imprescindível que a pessoa responsável por essa função saiba gerenciar, construir e aperfeiçoar o Backlog da equipe.

Portanto, o Product Owner deve criar uma lista de tarefas que contemple as pendências e os principais objetivos do projeto. Dessa forma, a equipe de desenvolvimento terá um guia em mãos.

Vale ressaltar que o Backlog não se trata de uma lista engessada. Pelo contrário! Os itens mudam conforme a evolução e a necessidade de cada projeto. Sendo assim, o Product Owner deve manter a lista acessível e disponível para os membros de sua equipe.

Inclusive, abordamos em outro artigo, a metodologia Scrum, capaz de flexibilizar e adequar às expectativas do cliente, focando em planejamentos mais curtos e práticos.

3. Meta, tempo e orçamento

O profissional deve, ainda, conciliar os objetivos propostos com o tempo e o orçamento. É preciso ter uma visão clínica para identificar as prioridades de acordo com as exigências do cliente.

4. Supervisão

Após elencar todos os conceitos essenciais para criar o produto, o Product Owner deve dedicar uma boa parte do seu tempo supervisionando o desenvolvimento do projeto.

Isso inclui:

  • Revisão e aprimoramento do Sprint;
  • Organizar as etapas necessárias para a próxima iteração;
  • Aperfeiçoar os processos;
  • Identificar melhorias.

5. Visão do Cliente

Na maior parte das vezes, o Product Owner desempenha a função de traduzir as necessidades do cliente para a equipe. Em outras palavras, o profissional compreende o que o cliente almeja e entrega os recursos que melhor atendem a essa necessidade, formando um vislumbre do produto.

Se você deseja aprender mais sobre esse e outros conteúdos, saiba que nós disponibilizamos materiais gratuitos na Biblioteca IEEP. Por lá, é possível conferir e-books, testes, webinars, vídeos e muito mais.

Biblioteca IEEP

 

Veja Mais Artigos
Open chat
1
Oi, tudo bem? 😄
Aqui é o Augusto, do IEEP
Tem alguma dúvida? Ficarei feliz em te ajudar!