Blog

Gostou dos nossos conteúdos? Cadastre-se abaixo e receba em seu e-mail

13 de abril de 2018

Metodologia Scrum: conheça a maior tendência em projetos no mercado

Originada nas empresas de TI, que precisavam aprimorar o gerenciamento de seus projetos, a metodologia Scrum se tornou destaque no mercado por priorizar uma gestão ágil e eficiente.

Por ser menos burocrático e mais produtivo, esse método ganhou rapidamente a confiança de equipes que lidavam frequentemente com atrasos e a necessidade de modificações no planejamento inicial de suas atividades.

Neste post, você vai entender por que o framework Scrum vem se destacando e ganhando tanta popularidade nas empresas dos mais diversos setores, e como suas práticas vêm tomando o lugar de metodologias tradicionais por serem mais dinâmicas e flexíveis.

Por que a metodologia Scrum ganhou destaque no mercado?

A resposta para essa pergunta é muito simples: flexibilização e adequação às expectativas do cliente.

Enquanto uma metodologia tradicional de gerenciamento propõe que todas as atividades do projeto sejam planejadas no início, o Scrum segue um passo a passo (que é o seu principal diferencial).

Primeiramente, as prioridades do cliente são avaliadas e, a partir delas, as tarefas são planejadas, executadas e entregues em etapas curtas e bastante eficazes.

Com isso, os processos se tornam menos engessados e a equipe passa a estar mais preparada para possíveis dificuldades, recebendo o acompanhamento necessário para exercer suas funções.

Não é à toa que, segundoThe 2015 State of Scrum Report, da Scrum Alliance, 87% das pessoas que usaram o Scrum afirmaram que a metodologia melhorou a qualidade no trabalho e 95% planejam continuar usando.

Com menos burocracia e entregas mais rápidas, o Scrum também ganhou o mercado pela facilidade de compreensão e capacidade de ser aplicado em empresas de diferentes especialidades e tamanhos.

Mas como funciona a metodologia Scrum na prática?

Como explicamos antes, a metodologia Scrum ordena a execução de suas atividades de acordo com as prioridades do cliente e, por isso, foca em planejamentos mais curtos e práticos.

Na etapa inicial, define-se todas as entregas que devem ser feitas no projeto, mas sem detalhar essas entregas em atividades menores.

Neste estágio, não há a necessidade de sequenciá-las e o detalhamento será feito em um momento posterior. Antes, é preciso se preocupar com a definição do tamanho do Sprint.

Sprints são ciclos de mesma duração, que vão se sucedendo um após o outro durante todo o projeto e duram, normalmente, entre duas e seis semanas.

Dessa forma, a equipe do projeto “olha” para o Product Backlog e escolhe o que deve ser feito dentro desse tempo do Sprint.

É nesse momento, então, que se faz o detalhamento de todas atividades que serão executadas durante este ciclo. Isso é conhecido como Sprint Backlog.

Na metodologia Scrum, o acompanhamento das tarefas acontece, se possível, diariamente por meio de reuniões curtas e objetivas, nas quais a equipe conversa a respeito do andamento do projeto e possíveis dificuldades.

Ao fim do Sprint, há a entrega de alguma funcionalidade ao cliente, a avaliação do trabalho realizado naquele período e o planejamento de um novo ciclo com outras atividades.

Com a constante entrega de valor para o cliente, há a chegada de feedbacks mais rápidos, que permitem entender como o projeto pode ser aprimorado a cada etapa.

Dessa forma, a empresa consegue se aproximar da realidade do cliente e, consequentemente, direcionar os esforços de suas equipes para um gerenciamento e uma produção de alta qualidade.

Veja Mais Artigos
1
Oi, tudo bem? 😄
Aqui é o Bruno, do IEEP
Tem alguma dúvida? Ficarei feliz em te ajudar!
Powered by