BLOG

Os melhores artigos em Gestão Ágil e Liderança

2 de abril de 2018

Por que algumas empresas batem metas ditas como impossíveis?

Não há forma mais concreta de definirmos os resultados desejados que traçarmos as metas de nossas organizações e equipes. A implantação correta de metas é o primeiro passo para atingir resultados dentro das empresas, equipes e organizações. Mas o que acontece quando temos metas impossíveis?

Esse é um processo delicado. Como diz Vicente Falconi, consultor de grandes empresas e referência em gestão de metas e resultados:

“A meta fácil demais a ser atingida não leva à busca de conhecimento. A meta impossível de ser atingida leva ao desânimo. É por isso que a meta tem de ser colocada de forma técnica.”

No entanto, nos últimos anos pude presenciar casos em que empresas colocaram metas altamente desafiadoras (que normalmente teriam sido tidas como impossíveis) e mesmo assim conseguiram atingir esses resultados. Mas qual o segredo dessas empresas? Qual é o fator mais importante para o alcance de resultados antes inimagináveis?

Metas impossíveis

Para achar esta resposta, estudiosos vêm desempenhando várias pesquisas para entender qual é a ciência por trás das grandes conquistas. Um dos estudos mais bem-sucedidos foi desenvolvido por Mark Murphy, chamado HARD Goals. Nele, o autor observou quatro fatores sempre presentes em equipes que alcançam objetivos consistentemente:

  • Heartfelt — você tem que ter uma conexão emocional com o seu objetivo;
  • Animated — você e sua equipe devem enxergar e sonhar que o alcance desse objetivo é possível. Vocês devem imaginar o resultado final;
  • Required — o que vocês estão buscando deve ser algo realmente necessário para uma visão maior;
  • Difficult — grandes conquistas são aquelas que são realmente difíceis.

Todos esses aspectos são importantíssimos para atingir os objetivos traçados. Mas durante um treinamento que ministrava, um aluno me perguntou:

“Professor, qual desses quatro fatores é o mais imprescindível?”

A resposta para mim era muito clara: o aspecto emocional ligado a um objetivo é o fator mais importante para o alcance de metas. Por melhor que seja seu processo de estabelecimento de metas, se as pessoas não estiverem conectadas emocionalmente com aquilo, simplesmente nada acontece.

“Quando você está no início do seu processo de metas, você precisa desenvolver sentimento. Você deve procurar um apego emocional aos seus objetivos. Isso lhe dá a energia incessante para persegui-los, não importa quão difícil é isso”. Mark Murphy

Portanto, lembre-se ao criar e comunicar as suas metas: as pessoas devem comprar a ideia, devem ser motivar por elas e devem criar o desejo intrínseco de atingí-la! Dessa forma, até metas que antes pareciam impossíveis, tornam-se realidade. As pessoas simplesmente acreditam no inimaginável e, portanto, fazem acontecer!

Nicolas Giffoni, co-fundador do IEEP

Veja Mais Artigos
1
Oi, tudo bem? 😄
Aqui é o Bruno, do IEEP
Tem alguma dúvida? Ficarei feliz em te ajudar!
Powered by